Share |

Salva-vidas em Tavira, Já!

A política económica seguida desde o 25 de Abril pelos partidos que nos têm governado – PS, PSD e CDS – tem sido de continuada destruição da pescas, sobretudo a artesanal, com consequências gravosas para a economia nacional e para o emprego.

O porto de Tavira recebe a descarga da pesca de mais de 100 embarcações de Vila Real a Olhão, e também recebe pela sua barra um movimento equivalente de embarcações relacionadas com as atividades náuticas de lazer e desporto.

A recente retirada do serviço de salva-vidas do porto de Tavira equivale a acabar com os bombeiros numa zona de floresta.

As atuais condições da barra constituem um perigo para o tráfego marítimo e o molhe de levante está em ruína acelerada, agravado pela proximidade do inverno.  

Neste quadro, acabar com o serviço de salva-vidas significa pôr em risco a vida dos pescadores, bem como de todos os utentes das atividades náuticas locais e do tráfego de embarcações para Vila Real ou Olhão.

Retirar o serviço de salva-vidas no porto de Tavira visa objetivamente acabar com a pesca em Tavira, constituindo, como tal, um ataque à cidade de Tavira e à sua tradição marítima por parte do governo PSD-CDS.

Pretender acabar com a pesca em Tavira significa ferir a cidade e a sua identidade. 

A nível local, esta situação reflete o desprezo que os partidos que têm gerido os destinos do país e do município – neste caso no sector das pescas – têm manifestado pela nossa cidade, desprezo também evidenciado pelo constante adiamento do projeto de construção do Porto de Pesca de Tavira.

É preciso dizer basta e afirmar a necessidade urgente de assegurar o serviço de salva-vidas no porto de Tavira, em defesa das condições de trabalho dos Pescadores e da prática dos desportos náuticos em Tavira.

O Bloco de Esquerda repudia esta situação e manifesta o seu apoio à justa luta da gente do mar em defesa das suas vidas, pelo que estará presente na concentração do dia 18, sexta-feira, em frente da capitania, (na Corredoura) pelas 14h30.

 

Tavira, 17 de outubro de 2013,

O núcleo de Tavira do Bloco de Esquerda